Medicina recepciona décima turma do curso no Unipê - UNIPÊ
03/04/2019 10:09 am

Medicina recepciona décima turma do curso no Unipê

O Centro Universitário de João Pessoa recepcionou seus novos alunos de Medicina no último mês de março, no Auditório Unipê, nos turnos da manhã e da noite. No primeiro momento, os estudantes plantaram um Ipê, tradição que vem sendo mantida desde a primeira turma e que carrega o simbolismo da árvore que deu nome à Instituição. Na segunda etapa, os alunos participaram da Aula de Abertura do Semestre 2019.1 e da Cerimônia do Jaleco.

Plantio do Ipê

No Ipê plantado pelos alunos, foi mantida a tradição de manter o pensamento de um escritor. Esta turma homenageou Cora Coralina com o seguinte pensamento: “O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando no fim terás o que colher”.

Aula Magna

No período da noite, os estudantes foram acolhidos com uma apresentação cultural dos estudantes de outros períodos que participam do Projeto Quiron – Arte Cura. Após esse momento, a solenidade contou com a presença de autoridades na composição da mesa de honra da solenidade. Estiveram presentes:

A professora Erika Aranha Fernandes, representando o Magnífico Reitor, o professor Doutor Renato Padovese; o coordenador do curso de Medicina do Unipê, professor Doutor André Petraglia Sassi; o vice-presidente do Conselho Regional de Medicina da Paraíba, Dr. João Modesto; a presidente da Associação Médica da Paraíba, Dra. Débora Eugênia Nóbrega Cavalcanti; o Diretor do Centro de Informação e Cultura do Unipê, Professor Luís Manuel Gonçalves Miranda; a Supervisora do Naped, Professora Edjanece Guedes; e a presidente do Diretório Acadêmico do curso do Unipê, Macelle Alencar.

O momento foi seguido pela Aula Magna com o tema “O futuro da Formação Médica”. A aula foi ministrada pelo coordenador do curso de Medicina, Professor Doutor André Sassi. Na oportunidade, ele destacou aspectos importantes da formação médica e a necessidade de compreendermos o contexto político e social das diferentes gerações para, então, sabermos como e por que a educação exige reformas e novo olhar para o processo de ensino aprendizagem.

Cerimônia do Jaleco

Após a aula teve início a cerimônia para colocação do Jaleco por um padrinho (a) escolhido pelo estudante. Após vestirem o Jaleco, símbolo da proteção e segurança dos médicos e dos seus pacientes, o estudante Samuel Estrela de Abrantes fez uso da palavra para saudar os colegas. Dando continuidade, a estudante Suênia Farias Barroso foi convidada para proferir o juramento do estudante de Medicina. O texto foi uma adaptação do juramento de Hipócrates feito para a ocasião.

“Foi este um momento de muita emoção no qual, diante dos pais, mestres, colegas juraram solenemente cumprir as promessas do juramento livremente e sobre palavra de honra. Os estudantes posaram para foto oficial e para encerrar assistiram a uma brilhante apresentação do coral do Unipê, que levantou o público presente com muita expressão de alegria”, finalizou a professora Edjanece Guedes.

Fonte: Assessoria de Comunicação - ASCOM